logo


foto

Local: Rio de Janeiro – RJ
Data:   04-05-2017

Nome da Planta:  Cattleya Valentine (1900)

Nome do Clone:  ‘Marieta Bogea’
Filiação: híbrido

Comentários:  Exposição do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (maio de 2017)
Prêmios Anteriores: não informado
A planta foi anteriormente submetida a julgamento pela OrquidaRio pela mesma inflorescência? não

Nome e endereço do expositor:
Edson Bogea
ASSON – Associação Orquidófila de Niterói (RJ)

Todas as informações estão sujeitas as regras e regulamentações conforme o manual “Judging and Exhibition” publicado pela “American Orchid Society”.

Juízes:
Carlos Antonio A. de Gouveia
Carlos Eduardo M. Carvalho
Fernando Setembrino Márquez de Almeida


Largura em cm
Comprimento em cm
Envergadura natural
Horiz. - 12,0
Vert. - 12,0
Sépala dorsal
2,5
7,0
Pétala
7,0
4,2
Sépala lateral
2,5
6,9
Labelo
5,9
4,0
Descrição:
Planta jovem, primeira floração, esperando que nas próximas florações venha com mais flores, o que permitirá a majoração da pontuação. Haste que se sobrepõe à folhagem. O ovário é longo, que permite uma armação agradável na haste. Coloração cerúleo-chumbo. Tem na parte posterior das pétalas e sépalas um pintalgado agradável, mais intenso, que se reflete na frente. Cor bem homogênea. Textura compatível com o cruzamento, firme. Substancia é boa, também compatível com a C. loddigesii. Labelo é um pouco arqueado, trilobado, mas a parte frontal é arqueado para trás, tirando alguns pontos. Colorido do labelo com amarelo gema bastante intenso. A parte de dentro da coluna tem um amarelo mais claro. Istmo triangular de cor cerúlea intensa, roxo-bisbo. Coluna branca, nada de excepcional, ligeiramente franjado.

Prêmio: AM/ORIO Pontuação:  80 pontos

clique para ver a planilha oficial
clique para ver planilha original

 

seta retorno